Vender a Eletrobras é "doar" o conhecimento técnico brasileiro


Para debater a ameaça de privatização da Eletrobras, o Sindicato dos Engenheiros no Estado do Paraná (Senge PR) reuniu, em vídeo, depoimento a partir de uma entrevista e de uma palestra do engenheiro eletricista Roberto Pereira d’Araujo, diretor do Instituto de Desenvolvimento Estratégico do Setor Energético (Ilumina) sob o título “O que está em jogo com a ameaça de venda da Eletrobras”

Com firme posicionamento contra o desmantelamento do setor energético brasileiro, Roberto d’Araujo defende que o papel da Eletrobras internacionalmente é ser o vetor de operação do sistema e, com a privatização, o Brasil perde o que já conquistou.

Registra ainda: “no passado não havia ONS [Operador Nacional do Sistema], não havia Câmara de Comercialização de Energia e a Aneel [Agência Nacional de Energia Elétrica] era um departamento nacional de águas e energia. Quem fazia toda a coordenação da operação era a Eletrobras. Quando você pensa em transferir esse capital, você está transferindo know-how”.

Confira trecho do especial com Roberto d`Araujo aqui.

Para acessar o especial na íntegra clique aqui.

Receba nossos informes!

Cadastre seu e-mail para receber nossos informes eletrônicos.

O Clube de Engenharia não envia mensagens não solicitadas.
Skip to content