Clube Recomenda: Primeira operação da Sala de Controle do LABGENE

Publicado em Poder Naval, com informações da Marinha do Brasil

No dia 25 de outubro, o Centro Tecnológico da Marinha em São Paulo (CTMSP) realizou a primeira operação da Sala de Controle do Laboratório de Geração de Energia Nucleoelétrica (LABGENE), com operadores do Centro de Instrução e Adestramento Nuclear de Aramar (CIANA).

A sala foi projetada pela empresa brasileira ATECH e foi conectada ao simulador do LABGENE, objeto do contrato com a empresa francesa Corys, por equipe da Diretoria de Desenvolvimento Nuclear da Marinha (DDNM) e da ATECH, permitindo que os operadores simulassem variação de potência nuclear, pelo aumento da rotação do motor elétrico da propulsão.

Projeto do LABGENE. Imagem: Poder Naval

Os equipamentos instalados serão empregados na réplica da Sala de Controle, a ser instalada no CIANA para a formação e licenciamento dos futuros operadores do LABGENE. O simulador, somente nos computadores, está instalado desde 2016 no CIANA.

O LABGENE – parte essencial do Programa Nuclear da Marinha (PNM) – é o protótipo, em terra, da planta nuclear do futuro submarino com propulsão nuclear brasileiro.

LABGENE e seus equipamentos. Imagem: Poder Naval

Receba nossos informes!

Cadastre seu e-mail para receber nossos informes eletrônicos.

O Clube de Engenharia não envia mensagens não solicitadas.
Skip to content