UFRJ é líder em inovação no Brasil

Publicado no Planeta Coppe Notícias (11/10/2019)

A Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) é líder em inovação entre as universidades brasileiras, de acordo com o Ranking Universitário Folha (RUF), divulgado dia 7 de outubro. Este é o segundo ano consecutivo que a UFRJ é vencedora neste quesito que leva em conta o número de patentes solicitadas pela instituição e a quantidade de pesquisas em parceria com o setor produtivo. A Coppe/UFRJ é uma das unidades da instituição que mais tem contribuído para a liderança da Universidade em inovação.

Em agosto de 2019, a Coppe totalizou mais de 19 mil projetos com empresas, órgãos públicos e privados, nacionais e estrangeiras. Atualmente, são mais de 1.200 projetos em andamento na instituição. Seus 130 laboratórios tornaram-se verdadeiros celeiros de novos negócios, principalmente a partir de 2010, quando a instituição implantou o Programa Empresas Nativas. A iniciativa já resultou em 84 empreendimentos, que representam 60% das 140 empresas criadas a partir de pesquisas realizadas na Coppe.

A UFRJ permanece no topo da lista das melhores universidades do Brasil, com 97 pontos. Segundo o RUF 2019, divulgado em 7 de outubro, a instituição é a terceira melhor do país, atrás apenas da Universidade de São Paulo (USP) e da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), que ficaram com 98,02 e 97,09 pontos, respectivamente.

Segundo o diretor da Coppe, Romildo Toledo, o resultado do ranking da Folha reitera a excelência acadêmica e vigor do trabalho realizado pela UFRJ. “A Coppe se orgulha de contribuir para manter a nossa universidade na liderança em inovação. Soubemos aproveitar bem os recursos dos Fundos Setoriais, equipando os laboratórios da Coppe, e equiparando-os aos melhores do mundo. Mas queremos aumentar ainda mais a nossa parceria com o setor produtivo”, afirma.

Toledo antecipa que a Coppe está trabalhando para implantar um ecossistema de inovação. “Nosso objetivo é ampliar cada vez mais o número de empresas de base tecnológica, gerando oportunidades para os nossos alunos e motivando-os a empreender e criar negócios baseados em tecnologia de ponta e capital humano altamente qualificado. Para isso, contamos com o apoio da Fundação Coppetec. O modelo Coppe -Coppetec foi pioneiro no país, na aproximação das universidade com as empresas, e hoje é referência no avanço da inovação. Também temos a Incubadora de Empresas da Coppe, que já graduou cerca de 100 empresas, e no momento abriga 28, têm se tornado um polo de geração de produtos inovadores”, afirmou o diretor.

A pró-reitora de Pesquisa e Pós-Graduação da instituição, Denise Freire, destaca a contribuição da Incubadora de Empresas e da Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares (ITCP), ambas da Coppe, para a liderança da instituição no quesito inovação.
Segundo Denise, a UFRJ constituiu um comitê de inovação para construir a política de inovação da UFRJ, em conformidade com o Marco Legal de Ciência, Tecnologia e Inovação.

UFRJ entre as três melhores universidades do país

A UFRJ está entre as três melhores universidades do Brasil. O RUF avaliou 197 universidades brasileiras, a partir de dados nacionais e internacionais, além de duas pesquisas de opinião do Datafolha, considerando cinco critérios: pesquisa (42% do total), ensino (32%), mercado (18%), internacionalização (4%) e inovação (4%).

Além de liderar no quesito inovação, em Ensino e Internacionalização a UFRJ conquistou o quarto lugar. Para avaliar o quesito Ensino o ranking da Folha utiliza quatro critérios: opinião de docentes do ensino superior (pesquisa Datafolha), professores com doutorado e mestrado, professores em dedicação integral e parcial, além da nota no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade). Já para Internacionalização, os critérios analisados são: citações internacionais por docente e publicações em coautoria internacional.

Em pesquisa a UFRJ figurou na quinta posição. São nove os componentes avaliados: total de publicações, total de citações, citações por publicação, publicações por docente, citações por professor, publicações em revistas nacionais, recursos recebidos por instituição, bolsistas do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e teses.

Receba nossos informes!

Cadastre seu e-mail para receber nossos informes eletrônicos.

O Clube de Engenharia não envia mensagens não solicitadas.
Skip to content