Foto: Tânia Rêgo/Agencia Brasil

Ninguém esperava um 2020 fácil. No primeiro trimestre o país travava duras batalhas contra a desindustrialização, o congelamento de gastos, o desemprego. Veio a pandemia. Com muitas perdas, assim se vai 2020.

Mas, como sempre aconteceu nos últimos 140 anos, o desafio não faz o Clube de Engenharia perder forças. Ao contrário, foi assim que enfrentou desafios e construiu a história desta Casa. A engenharia sempre foi e sempre será ferramenta fundamental para que venha logo o “o país do amanhã”.

Que o amanhã que começa em 2021 chegue com vacina, com um Estado forte, que venha com mais consciência, respeito à vida, igualdade de oportunidades, soberania e democracia.

Que 2021 seja maior. Vai ser maior...

Com força e coragem. Sempre a postos para as batalhas que virão.

Receba nossos informes!

Cadastre seu e-mail para receber nossos informes eletrônicos.

O Clube de Engenharia não envia mensagens não solicitadas.
Skip to content