Saltar para o conteúdo
artigo 29/12/2015

BRASIL, URGENTE: PELA DEMOCRACIA

Em sua 1.512ª sessão ordinária, segunda-feira, 14 de dezembro, o Conselho Diretor do Clube de Engenharia aprovou o posicionamento oficial do Clube sobre a instabilidade política que afeta o Brasil. No texto, o Clube evidencia seu repúdio às ameaças que pairam sobre a democracia e à ofensiva em curso para afastar a presidente Dilma Rousseff de mandato conquistado pelo voto popular. Leia abaixo, na íntegra, o posicionamento oficial do Clube de Engenharia.    

 

BRASIL, URGENTE: PELA DEMOCRACIA 

EM FACE DA CRISE POLÍTICA QUE NESTE MOMENTO AFETA A VIDA BRASILEIRA, O CLUBE DE ENGENHARIA MANIFESTA SEU REPÚDIO ÀS AMEAÇAS QUE PAIRAM SOBRE A DEMOCRACIA, DIANTE DA OFENSIVA EM CURSO PARA AFASTAR A PRESIDENTE DILMA ROUSSEFF, ELEITA COM MAIS DE 54 MILHÕES DE VOTOS. 

É CERTO QUE O RECURSO AO IMPEACHMENT ESTÁ NA CONSTITUIÇÃO, TANTO QUE JÁ FOI APLICADO, SEM ARRANHAR A DEMOCRACIA, EM RELAÇÃO AO PRESIDENTE COLLOR. HÁ, ENTRETANTO, DE SER EMBASADO EM SÓLIDA ARGUMENTAÇÃO JURÍDICA, O QUE NÃO OCORRE NO CASO ATUAL.

ESTAMOS DIANTE DE UMA DESPUDORADA TENTATIVA DE - SEM O VOTO POPULAR - CAPTURAR O ESTADO. A AUDÁCIA JÁ CHEGA AO PONTO DE PROPOR UM PARLAMENTARISMO DISFARÇADO, EMBORA POR DUAS VEZES REPUDIADO NAS URNAS. 

NO PRESIDENCIALISMO, MAU DESEMPENHO DO GOVERNANTE NÃO ENSEJA A SUA SUBSTITUIÇÃO. HÁ, ASSIM, DE SE RESPEITAR O MANDATO CONFERIDO PELO VOTO POPULAR.

O CLUBE DE ENGENHARIA, FIEL ÀS SUAS TRADIÇÕES, DEFENDE A ESTABILIDADE DAS INSTITUIÇÕES E O ESTADO DEMOCRÁTICO DE DIREITO E DENUNCIA À NAÇÃO O CARÁTER GOLPISTA DA OFENSIVA EM CURSO.

 

RIO DE JANEIRO, 14 DE DEZEMBRO DE 2015