Saltar para o conteúdo
notícia 09/05/2016

Clube participa da "Calourada" na UFF

Presidente do Clube de Engenharia fala aos estudantes sobre soberania e engenharia.
Presidente do Clube de Engenharia fala aos estudantes sobre soberania e engenharia.

O Clube de Engenharia participou, nos dias 27 e 28 de abril da programação da “Calourada” de Engenharia da Universidade Federal Fluminense (UFF), semana de acolhimento dos calouros de 2016-1. Segundo o estudante de Engenharia Ambiental Lucas Getirana, presidente do Diretório Acadêmico Octávio Cantanhede (DAOC), o tema central  – Soberania nacional: a engenharia discutindo a sociedade – objetivou possibilitar que os calouros entendessem que a engenharia deve ser exercida além do ponto de vista técnico, olhando para as necessidades da sociedade, principalmente no caso dos que se formam em universidades públicas e precisam dar retorno à sociedade.

Neste sentido “a  parceria com o Clube de Engenharia foi fundamental para adicionar conteúdo ao tema”, afirmou Lucas. Na mesma semana, um grupo de estudantes da UFF também participou da viagem à Central Nuclear Almirante Álvaro Alberto (CNAAA), em Angra dos Reis.

No dia 27, Pedro Celestino, presidente do Clube, proferiu a palestra Soberania nacional, engenharia e política. Celestino mostrou, a partir de fatos da história do país, conjunturas já vividas pela nação brasileira que confirmam a profunda ligação entre engenharia e sociedade, e deu ênfase à importância de a engenharia nacional contribuir para a execução de um projeto político de nação.

No dia seguinte, o conselheiro José Stelberto Soares, coordenador da Secretaria de Apoio ao Estudante (SAE), realizou a palestra Sanitarismo ambiental, o desafio do século fixando sua abordagem na visão clássica do saneamento básico para falar do saneamento ambiental. Enquanto o saneamento básico trata de água, esgoto, lixo e drenagem, o saneamento ambiental tem a perspectiva da cidade em geral. Visando à qualidade de vida, abrange, inclusive, soluções para o trânsito, melhor circulação de ar e entrada de luz nas casas. Numa palestra dinâmica, Stelberto apresentou situações e levantou questões junto aos  alunos sobre consequências e soluções.

“É uma troca que tem agregado muito para nós”, afirmou o presidente do Diretório Acadêmico Octávio Cantanhede referindo-se à crescente aproximação entre universidades e Clube de Engenharia a partir da criação da Secretaria de Apoio ao Estudante.