Saltar para o conteúdo
notícia 27/03/2018

CPRM monitora rios da Amazônia

O emprego de satélites no monitoramento hidrológico é feito em parceria da CPRM com agências espaciais, como a NASA. Imagem: CPRM
O emprego de satélites no monitoramento hidrológico é feito em parceria da CPRM com agências espaciais, como a NASA. Imagem: CPRM

O Serviço Geológico do Brasil (CPRM), a partir do Projeto Dinâmica Fluvial, utilizando satélites, monitora os grandes rios da Amazônia, como o Amazonas e o Solimões. Segundo os pesquisadores em Geociências André dos Santos e Daniel Medeiros Moreira, do Departamento de Hidrologia da CPRM, o emprego do satélite facilita o monitoramento hidrológico de regiões remotas, possibilitando maior cobertura e economia de recursos. O projeto busca preparar o Brasil para o futuro da hidrologia, entendendo o fluxo e o comportamento dos rios para melhor direcionar políticas na região. Assista ao vídeo da TV CPRM clicando aqui.