Saltar para o conteúdo
notícia 06/01/2017

Informe 06/01 - Coppe/UFRJ e universidade chinesa fazem parceria para transferir conhecimento

Coppe/UFRJ e universidade chinesa fazem
parceria para transferir conhecimento de produtos inovadores

A Coppe/UFRJ, através do Centro Brasil–China de Mudança Climática e Tecnologias Inovadoras para Energia, em parceria com a Tsinghua University, em Pequim, começa a implementar este ano o projeto para identificar semelhanças e diferenças entre os processos de transferência de tecnologia do Brasil e da China, com o objetivo de criar mecanismos para disseminar o conhecimento existente nas duas universidades. Isso se dará através do incentivo ao empreendedorismo de jovens universitários brasileiros, com a criação de empresas de engenharia de produtos inovadores nas áreas de energia e meio ambiente, visando à transferência para o setor industrial.

Aquilino Senra, professor titular da Coppe/UFRJ, ex-presidente da empresa Indústrias Nucleares do Brasil (INB) e um dos idealizadores do Centro Brasil-China, está convicto da necessidade de estimular nos jovens universitários brasileiros a cultura de criação e desenvolvimento de produtos necessários ao mercado. A proposta inclui, ainda, firmar parcerias com empresas que sustentem a produção de ideias inovadoras de alta tecnologia. Exatamente o que vem fazendo a China, que tem como meta duplicar o Produto Interno Bruto (PIB) até 2020.

O professor da UFRJ afirma que as empresas de alta tecnologia associadas à Tsinghua University, a principal universidade chinesa de engenharia, faturaram, só em 2014, recursos equivalentes ao faturamento da Embraer: US$ 6 bilhões. Ele acredita que a universidade brasileira também tem papel fundamental para o país deixar de ser um exportador de matéria prima e passar a ser exportador de produtos com valor agregado.

Continue lendo no Portal do Clube de Engenharia clicando aqui.