Saltar para o conteúdo
notícia 19/01/2018

Informe 18/01/2018 Brasil sediará o Oitavo Fórum Mundial da Água

Brasil sediará o Oitavo Fórum Mundial da Água

O Brasil sediará, em 2018, o  8º Fórum Mundial da Água, maior evento global sobre o tema que ocorre a cada dois anos, e pela primeira vez no Hemisfério Sul. A candidatura do Brasil foi selecionada em 2014, e Brasília foi escolhida como cidade-sede do evento, que acontecerá no período  de 18 a 23 de março. Na programação, o acesso à água para consumo humano e para agricultura será um dos temas centrais dos debates.

Com a perspectiva de participação de 30 mil técnicos e já com a adesão de 120 países, muitos são os motivos que levaram à seleção do Brasil. Está na América do Sul a bacia do Amazonas, maior bacia hidrográfica do mundo, abrangendo Brasil, Bolívia, Peru, Equador, Colômbia, Venezuela e Guiana; também na América do Sul está o extraordinário Aquífero Alter do Chão; o Brasil está inserido na bacia do Rio do Prata juntamente com Argentina, Bolívia, Paraguai e Uruguai, onde está o Aquífero Guarani, com reserva gigantesca de água de boa qualidade, abrangendo uma área de 1,2 milhão de km², sendo 840 mil km² - ou 71% de seu total - no território nacional; o país é referência pelos resultados advindos da prática da moderna gestão participativa, praticada pelos Comitês de Bacia que envolve todos os segmentos da área, hoje exemplo mundial no setor;  detentor de volume extremamente expressivo de recursos hídricos do planeta, conta com cerca de 12% de recursos de água doce no mundo.

Também os contrastes nas regiões metropolitanas, com os graves problemas na área de saneamento, estarão em debate como temas prioritários nos painéis do fórum, além da análise da contribuição dos recursos hídricos na matriz energética nacional. 

O Clube de Engenharia, fórum permanente de debate da questão da água no Brasil e no mundo, com base na  experiência acumulada na Diretoria Técnica e nas Divisões Técnicas Especializadas (DTEs),  de Recursos Hídricos e Saneamento, Engenharia do Ambiente, Recursos Minerais, Recursos Naturais Renováveis e as demais DTEs com trabalhos afins, já se organiza para uma participação efetiva no 8º Fórum Mundial da Água. O evento, comunicado pela Diretora de Atividades Institucionais, Maria Glícia da Nóbrega Coutinho, na reunião do Conselho Diretor do dia 8 de janeiro, gerou expectativa quanto ao processo de organização do posicionamento, bem como de contribuição do Clube de Engenharia,  de forma que as conclusões e recomendações do 8º Fórum Mundial da Água, em Brasília,  possam  proporcionar avanços nas políticas públicas de uso sustentável dos recursos hídricos no Brasil, com inclusão social.