Saltar para o conteúdo
notícia 28/08/2017

Informe 25/08/2016 Conselho Diretor elege 25 novos membros para o triênio 2017/2020

Conselho Diretor elege 25 novos membros para o triênio 2017/2020

Chegou ao fim nesta sexta-feira as eleições de 2017 para a renovação do terço do Conselho Diretor do Clube de Engenharia. Centenas de engenheiros, arquitetos, geólogos e demais profissionais do sistema Confea/Crea elegeram os 25 associados que a partir do início de setembro vão integrar o conselho renovado no triênio 2017 – 2020.

Tradição da casa, o Conselheiro mais votado representará na cerimônia de posse o terço eleito. Em 2017 a conselheira mais votada pelos associados foi  Iara Maria Linhares Nagle. Divulgamos a seguir a lista dos conselheiros eleitos, por ordem de votação: Maria Alice Ibañez Duarte, Bruno Contarini, Sergio Niskier, Sérgio Medina Quintella, Alberto Balassiano, Alcides Lyra Lopes, Eduardo José Costa Konig da Silva, Guilherme de Oliveira Estrella, Leon Clement Rousseau, Guaraci Corrêa Porto, Cesar Duarte Pereira, Nilo Ovídio Lima Passos, Olga Cortes Rabelo Leão Simbalista, Ceres Regina de Santa Rosa, Carlos Sezinio de Santa Rosa, Francisco Petruccelli, Jorge Ricardo Bittar, Irineu Soares, Arnaldo Silaid Muxfeldt, Benedicto Humberto Rodrigues Francisco, Fernando José Correa Lima Filho, Alcebíades Fonseca, Estellito Rangel Junior, Rafael Oliveira da Mota.

Para a diretora de Atividades Institucionais, Maria Glícia da Nóbrega Coutinho, que coordenou o processo eleitoral em 2017, as eleições representam bem mais que o momento de renovação do Conselho Diretor. Atuam como um mecanismo de prática da cidadania, tanto no exercício do voto quanto na capacidade de analisar questões e definir prioridades para o Clube e para o país. ”O Clube de Engenharia, afirmou Maria Glícia, é a casa dos engenheiros, o fórum adequado, propício para as discussões da categoria que, obviamente, não pode ser pensada sem considerar as prioridades da soberania nacional, do desenvolvimento econômico com inclusão social. Essa é uma oportunidade de se reorganizar e pensar um projeto de país. Eleição é isso: momento de motivar os associados, de renovar as baterias para pensarmos caminhos que tirem o país da situação que está e que nos entristece muito”.

Para mais informações dos eleitos e suplentes, clique aqui.