Saltar para o conteúdo
notícia 27/11/2015

Informe - 27/11/2015 Usinas Amortizadas / Telecomunicações / Homenagem a Aureo Salles

REFLEXÕES SOBRE O LEILÃO DAS USINAS AMORTIZADAS

A Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) realizou, dia 25 de novembro, o leilão das Usinas Hidrelétricas construídas há muito tempo – praticamente já amortizadas - que não tiveram os contratos de concessão renovados. As que aderiram tiveram suas concessões renovadas por 30 anos e com um preço médio das tarifas de R$ 30,00 / MWh. Os cinco lotes leiloados na Bolsa de Valores de São Paulo, constituídos por aquelas que não optaram pela renovação, tiveram um preço médio de R$ 124,88 / MWh. A outorga de novas concessões destas usinas alcançou R$ 17 bilhões a serem pagos ao Tesouro Nacional, conforme informações da ANEEL.

Leia Reflexões sobre o leilão das usinas amortizadas na íntegra no Portal do Clube de Engenharia.

AVANÇA O DEBATE SOBRE A REFORMA DA LEI GERAL DAS TELECOMUNICAÇÕES

Representando o Clube de Engenharia, o diretor de Atividades Técnicas, Marcio Patusco, participou, em 25 de novembro, de reunião na Câmara de Universalização e Inclusão Digital do Comitê Gestor de Internet - CGI.br. O encontro teve como pauta única a análise da consulta pública do Ministério das Comunicações iniciada em 23 de novembro, da qual o Clube participou ativamente. Em pauta, as modificações do modelo de telecomunicações no Brasil e da reforma da Lei Geral de Telecomunicações - LGT. Segundo Patusco, “o assunto é da maior relevância para o setor. É, talvez, a iniciativa mais importante de mudança desde a privatização ocorrida em 1998, e que deverá consumir nossa atenção pelos próximos meses”.

Durante a reunião foram elencados assuntos sobre os quais a Câmara irá se posicionar e indicados relatores que deverão apresentar textos de referência para a discussão e posterior envio ao Minicom. Coube ao Clube de Engenharia o assunto Separação Estrutural/Separação Funcional/Camadas de Protocolos de Comunicação, contribuição do Clube na Conferência de Comunicações em 2009 e posteriormente incorporado aos pontos prioritários defendidos pelo Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação (FNDC) junto ao Minicom. Desde a quinta-feira (26), a Divisão Técnica Especializada de Tecnologia da Informação (DETI) está estudando todos os aspectos da Consulta Pública do Minicom de forma a subsidiar com suas contribuições o processo de reforma da nossa regulamentação de telecomunicações. Na próxima semana, as entidades da sociedade civil irão se reunir para preparação para uma audiência com o Ministro André Figueiredo sobre o assunto.

No dia 17 de novembro, o diretor Marcio Patusco havia falado sobre o tema em Audiência Pública de Comissão Especial da Câmara dos Deputados.

Clique aqui para ler sobre a participação do Clube na Audiência Pública na Câmara dos Deputados.

 

AUREO SALLES É HOMENAGEADO

O Conselheiro Aureo Salles de Barros recebeu homenagem e placa distintiva empresarial e profissional em São Paulo,  por sua segunda gestão na presidência  da SMACNA Chapter BRASIL (Sheet Metal and Air Conditioning Contractor's National Association), com os seguintes dizeres “A Comunidade Smacna Brasil ao comemorar o 26º aniversário da sua criação, manifesta com seu mais profundo reconhecimento, o seu elogiável papel como um dos sustentáculos da entidade em seu mandato presidencial, 2013/2015". Aureo é diretor do CREA-RJ e membro do Conselho Diretor do Clube de Engenharia.