Saltar para o conteúdo
notícia 20/10/2014

Introdução à Dinâmica das Estruturas

O Clube de Engenharia recebeu, no dia 17 de outubro, o professor Humberto Lima Soriano, professor titular da Escola de Engenharia da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), para apresentação do livro “Introdução à dinâmica das estruturas” (Editora Elsevier).

Na publicação, Soriano apresenta conceitos, princípios e os métodos mais usuais da Dinâmica das Estruturas. Os capítulos destacam assuntos como: análise de pêndulos e conceitos de frequência, período, equilíbrio, oscilador harmônico simples e conceito da frequência natural. Durante a apresentação, o professor falou principalmente da utilidade da matéria. Por estarem cada vez mais audaciosas e flexíveis, as modernas estruturas tornam-se mais suscetíveis às vibrações. Nesse sentido, é importante determinar com exatidão o comportamento estrutural, principalmente em projetos de estruturas mais arrojadas. O estudo é necessário até mesmo para o uso das novas tecnologias e programas de computação na análise dinâmica.

O livro tem foco no público acadêmico, com a apresentação de fundamentos, desenvolvimento, métodos meticulosamente desenvolvidos e com aplicações. Já para o público profissional, serve como orientação de uso da Dinâmica. 

Soriano optou pela simplicidade e comprovação de todos os métodos, com aplicações numéricas baseadas em algoritmos desenvolvidos por ele mesmo, tendo como objetivo aspectos como rigor, precisão e eficiência. A fim de dar maior confiabilidade, os resultados diferentes foram comparados entre si para possibilitar a averiguação. Todos os dados dos exemplos usados no livro estão disponíveis para comparação dos resultados. 

Destacou o autor que a obra só foi possível por constar do seu currículo experiências profissionais em grandes instituições e por ter tido grandes mestres, como Fernando Lobo Carneiro, que o apresentou à análise matricial das estruturas, e o professor Fernando Venâncio Filho, seu orientador de mestrado e doutorado, além de instituições como Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e UERJ.