Saltar para o conteúdo
notícia 24/03/2016

Petrobras comemora maior descoberta de petróleo no Campo de Libra

Quarto poço perfurado demonstra capacidade produtiva da região / Portal Brasil
Quarto poço perfurado demonstra capacidade produtiva da região / Portal Brasil

A Petrobras comunicou ao mercado na última segunda-feira (21/03) que o Consórcio de Libra, além de confirmar a descoberta de óleo de elevada qualidade (28º API) “em reservatórios de excelente produtividade”, encontrou a maior coluna de óleo descoberta em Libra até o momento, medindo 301 metros de espessura.

A notícia foi comemorada, e pouco noticiada pela mídia, após a perfuração e avaliação do poço 3-BRSA-1322-RJS (3-RJS-741), localizado na área noroeste do bloco, no pré-sal da Bacia de Santos.

Conhecido informalmente como NW5, o poço está 8 km a nordeste do poço descobridor, 2-ANP-2A-RJS, e a 200 km da costa do estado do Rio de Janeiro e faz parte do compromisso firmado no Plano de Avaliação da Descoberta (PAD), aprovado pela ANP em 26/02/2016.

Os dados coletados confirmaram que as características dos reservatórios e a qualidade do óleo são semelhantes àquelas encontradas nos demais poços da área noroeste, indicando haver possível conexão entre eles.

Até o momento, foram concluídas as perfurações de seis poços em Libra (cinco pelo Consórcio) e o sétimo (3-RJS-742), também na área noroeste, se encontra em perfuração.    

O Consórcio de Libra é formado pela Petrobras (operadora com 40%), Shell (20%), Total (20%), CNPC (10%) e CNOOC (10%), tendo como gestora do Contrato de Partilha da Produção a Pré-Sal Petróleo S.A. (PPSA).

Fonte: Fatos e dados/Petrobras