Saltar para o conteúdo
notícia 13/04/2018

Telma Santana, ex-conselheira, lança livros de lembranças e poemas



Vinda do Rio Grande do Norte, Telma Salesa Santana da Silva é formada em Física e Engenharia e tem mestrado em Meio Ambiente, Administração e Economia. Já atuou como professora de ensino médio e universitário e foi especialista ambiental em trabalho na Bolívia. Mas, para além de seus conhecimentos técnicos, a ex-conselheira escolheu o Clube de Engenharia para compartilhar seus conhecimentos de vida. Em 28 de março Telma lançou, na galeria do 22º andar, cinco obras pela editora Autografia, todas elas com títulos que falam de Vida e Sociedade, entre elas, “Vida e sociedade nos Andes Bolivianos” e “Vida e sociedade pós Lei Áurea”.

"Vida e Sociedade pós Lei Áurea" é dedicado a seu padrinho, nascido em 1886, que viveu os últimos anos da escravidão no Brasil e também o período pós-abolição e lhe contou inúmeras histórias sobre a vida da época no sertão sergipano. A experiência profissional e pessoal de Telma Santana na Bolívia, entre 2006 e 2008, gerou o livro "Vida e Sociedade nos Andes Bolivianos". Lá, ela trabalhou com estradas de rodagem, pesquisando a satisfação dos moradores do local, e também pôde conhecer as paisagens e povos dos Andes bolivianos.

Ao fazer uma breve retrospectiva sobre sua imersão no universo literário, Telma contou que o hábito de escrever vem de muito tempo, mais precisamente desde os 12 anos, contabilizando a autoria de mais de 150 poemas, alguns publicados nos livros lançados, como é o caso de “Vida e Sociedade com Lolinha”. Esta obra é considerada um diário, onde a autora relembra sua história desde os seis anos de idade, relações familiares e de amizade. As outras três obras seguem linhas semelhantes de resgate de histórias em família.

O evento foi promovido pela Diretoria de Atividades Culturais, com a presença do diretor de atividades culturais do Clube de Engenharia, Cesar Drucker, que comemorou mais um evento de estímulo e apoio à produção literária. “Nós no Clube temos a perspectiva permanente de incentivar os sócios a escreverem seus pensamentos e poemas e temos imensa satisfação em divulgá-los”.