Clube ocupa espaço decisório na questão das enchentes no Rio

A aprovação do Conselho Diretor de proposta favorável à conclusão das obras do Túnel Extravasor como uma forma eficiente para equacionar parte do problema das enchentes em bacias hidrográficas na cidade do Rio de Janeiro e posterior encaminhamento da mesma à Rio-Águas foram o ponto de partida de mais uma grande vitória conquistada pelo Clube de Engenharia. Prova cabal do seu lugar de destaque e do reconhecimento por parte poder público de sua relevância técnica e política, o Clube foi convidado pelo presidente da Fundação Rio-Águas a compor o Grupo de Trabalho Multidisciplinar. 

Criado pela portaria nº.036, do dia 04 de agosto de 2011, o grupo será formado por três técnicos de cada entidade, que trabalharão juntos com o objetivo de elaborar cenários e propostas para o controle de enchentes na cidade do Rio. Affonso Canedo Netto, Mario Sérgio de Castro bandeira e Fernando Moreira D'Affonseca irão trabalhar em parceria com Paulo Luiz da Fonseca, diretor de Estudos e Projetos, Antonio Humberto Porto Gomes, gerente de Estudos e Projetos da Bacia da Baía de Guanabara e Monica Santiago Montenegro, gerente de Estudos e Projetos da Bacia Oceânica. 

Em resposta ao ofício, o presidente do Clube de Engenharia, Francis Bogossian, destacou que a Rio-Águas poderá contar não só com os três técnicos, como também com a comissão constituída pelo Conselho Diretor do Clube para o resgate do projeto do túnel extravasor, projeto municipal atualmente abandonado que contempla também a bacia da Lagoa Rodrigo de Freitas. De acordo com o documento assinado por Francis, já na primeira fase de trabalhos, deverão ser confrontadas as alternativas existentes, bem como os índices benefício/custo e grau de interferências urbanas em região densamente edificada. Clique nos links abaixo para ler na íntegra os ofícios da Rio-Águas e do Clube de Engenharia. 

Receba nossos informes!

Cadastre seu e-mail para receber nossos informes eletrônicos.

O Clube de Engenharia não envia mensagens não solicitadas.
Skip to content