Clube recupera plantas históricas do Edifício Edison Passos

Com mais de 30 mil volumes, a biblioteca do Clube de Engenharia vem desempenhando bem seu papel como guardiã da memória da engenharia nacional e dos bens culturais da humanidade. Um levantamento recente expôs, no entanto, uma lacuna que precisava ser preenchida: das 372 folhas das plantas do "Projeto do Edifício do Clube de Engenharia/RJ", do arquiteto Jaccques Emile Paul Pilon, apenas 19 estão de posse do Clube.

Em agosto de 2011, a presidência do Clube foi informada que a biblioteca da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (USP) possuía o projeto completo e, por meio de carta oficial a Ricardo Azevedo, curador da biblioteca da FAU, iniciou o processo e as negociações para que imagens digitalizadas em alta resolução fossem cedidas ao Clube de Engenharia.

Na última semana, a Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP respondeu positivamente e parte da própria história do Clube de Engenharia retorna ao Clube. O material será devolvido e estará à disposição para pesquisas ainda esse ano.

O arquiteto Jaccques Emile Paul Pilon foi um dos responsáveis pela propagação dos princípios do modernismo na arquitetura brasileira. Entre seus muitos projetos em São Paulo e Rio de Janeiro estão, além do Edifício Sede do Clube de Engenharia, o Viaduto General Olímpio da Silveira, Biblioteca Mário Andrade, a Maison de France, o Liceu Pasteur e o Edifício Chopin.

 

Receba nossos informes!

Cadastre seu e-mail para receber nossos informes eletrônicos.

O Clube de Engenharia não envia mensagens não solicitadas.
Skip to content