Após três dias de militância e mobilização, reencontro de velhos companheiros e de um saudável debate com propostas para a construção de um Brasil soberano e sustentável, estão oficialmente encerradas as eleições para a renovação do terço do Conselho Diretor para o triênio 2014 – 2017. Engenheiros de diversas áreas, arquitetos, geólogos e demais profissionais do sistema Confea/Crea compareceram ao 24º andar do Edifico Edison Passos para exercer seu direito cidadão e escolher os representantes no Conselho Diretor.

Esse ano, o Conselheiro que entrou para o seleto grupo dos eleitos mais votados foi Antero Parahyba. A Chapa Clube de Engenharia Unido (CEU) elegeu 10 candidatos. São eles:Adacto Ottoni, Alberto Balassiano, Benedicto Rodrigues, Fernando Corrêa Lima, Guaraci Corrêa Porto, Guilherme Estrella, Iara Nagle, Maria Alice Ibañez, Pedro Celestino, Wagner Victer. Pela chapa Clube de Engenharia, 15 associados passam a integrar o Conselho Diretor: Alcides Lyra Lopes, Antero Parahyba, Bruno Contarini, Carlos Santa Rosa, Ceres Santa Rosa, Cesar Duarte Pereira, Cristina Junger, Eduardo König, Fernando Peregrino, Fernando Tourinho, Francisco Petruccelli, Leon Clement Rousseau, Mirian Rocha Pitta, Sérgio Medina Quintella, Sérgio Niskier.

O clima de confraternização que dominou os dois primeiros dias se repetiu hoje. No balanço geral, segundo o presidente Francis Bogossian, o processo eleitoral cumpriu seu papel de renovar democraticamente a mais alta instância do Clube de Engenharia. “Nesses três dias, o que eu esperava aconteceu: éramos como membros de uma mesma família, independente de chapas, recebendo os associados. De quarta até hoje, vimos pessoas doentes, com dificuldade de locomoção, que vieram votar. Pessoas que ocupam cargos importantes também se deslocaram de seus escritórios até aqui. Teremos um bom Conselho Diretor a partir de hoje. Esperamos que os eleitos estejam presentes nas reuniões quinzenais do Conselho. Escolhidos pelos associados como seus representantes é obrigação que estejam presentes quinzenalmente no Clube. Espero que venham debater conosco as questões relacionadas à defesa dos interesses da nação brasileira, do petróleo, do abastecimento d’água, energia elétrica, entre muitos outros temas de interesse nacional”, declarou Francis.

Ilustres associados que passaram pela urna nos últimos dias reforçam o discurso do presidente. “O Clube de Engenharia tem uma importância histórica e eu tenho convicção de que com este processo eleitoral, sempre acompanhado do devido debate interno, o Clube sairá fortalecido, com maior protagonismo na luta em defesa da engenharia”, destacou o deputado federal Jorge Bittar. No mesmo sentido, o secretário especial de Ciência e Tecnologia do município do Rio de Janeiro, Franklin Dias Coelho – que concorreu como candidato pela Chapa Clube de Engenharia Unido -, destacou o momento relevante tanto para o Clube quanto para o país. “Vivemos tempos extremamente importantes em termos de realidade nacional. Estamos começando a recuperar o caminho do ‘engenheirar’, entrando na sociedade do conhecimento e o Clube participa ativamente desse momento”.

Othon Luiz Pinheiro da Silva, presidente da Eletronuclear, comemorou o direito ao voto. “A eleição é sempre uma forma de revitalização, e esse pleito é interessante porque existem duas posições, mas um só ideal: o de um Brasil melhor. Por isso é uma eleição muito boa de participar”. O ex-senador Saturnino Braga destacou o comprometimento com o futuro do Clube: “Votar é uma obrigação. Estou aqui hoje, doente, com sacrifício, para cumprir a minha obrigação cívica”. Para o mundialmente premiado Bruno Contarini, engenheiro responsável pelos projetos estruturais de obras como a Ponte Rio-Niterói, Palácio da Alvorada, Tribunal Superior de Justiça e o Museu de Artes Contemporâneas de Niterói e candidato pela Chapa Clube de Engenharia, falou do trabalho que espera dos novos membros do Conselho Diretor. “Eu fui conselheiro por quase vinte anos. Por isso, conheço o Conselho. E sei que ele é muito importante. As eleições anuais para o Conselho são importantes porque é quando temos que votar pensando na participação do Clube de Engenharia na vida do país”, explicou.

 

Clique aqui para baixar os resultados das eleições para o Conselho Diretor.

Receba nossos informes!

Cadastre seu e-mail para receber nossos informes eletrônicos.

O Clube de Engenharia não envia mensagens não solicitadas.
Skip to content