O Clube de Engenharia realizou seu tradicional almoço de confraternização dia 30 de junho, com aniversariantes do mês, demais sócios e membros do Clube reunidos em homenagem à Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), representada por Lourdes Maria Corrêa Cabral, chefe-geral da Embrapa Agroindústria de Alimentos.
 
Estiveram presentes ao encontro, além de Pedro Celestino, presidente do Clube de Engenharia e Lourdes Maria Corrêa Cabral, representando o presidente da empresa Maurício Antônio Lopes, Gustavo Ribeiro Xavier, chefe-geral responsável pela Embrapa Agrobiologia; Christino Aureo da Silva, Secretário de Estado de Agricultura e Pecuária do Rio de Janeiro; Roberto Lelis, pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação da UFRRJ, representando a reitora Ana Maria Dantas Soares; Maria Elizabeth Fernandes Correa, chefe adjunta de Pesquisa e Desenvolvimento da Embrapa Agrobiologia; Daniel Vidal Pérez, chefe-geral da Embrapa Solos; Raimundo de Oliveira, ex-presidente do Clube de Engenharia; Comandante Lameiras, representando o Comandante  Rafael Rodrigues, da Escola Superior de Guerra; Reynaldo Barros; presidente do CREA-RJ.

Pedro Celestino saudou a diretoria da Embrapa, resgatando sua origem em 1973 e parabenizando a empresa pela eficiência em seus 43 anos: "O cerrado, que era um ‘pé de pau’, é hoje celeiro do Brasil e do mundo. O Brasil tinha como uma de suas mazelas o latifúndio improdutivo, e passou a ter o agronegócio. Expandiu-se nossa área agricultável de uma forma notável, e hoje competimos com Estados Unidos e Rússia, como grandes fornecedores de alimento no mundo". Celestino também lembrou a importância de se ter uma empresa que desenvolve ciência nacional em tempo de fragilização do Ministério da Ciência e Tecnologia: "É uma empresa do Estado, essencial ao desenvolvimento da atividade privada. Deve ser para nós, engenheiros, um exemplo de como empresas do Estado podem prestar serviços essenciais ao desenvolvimento econômico e social do país".

Lourdes Maria Cabral citou a presença, no Rio de Janeiro, de três das 47 unidades de pesquisa da empresa, além da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater-Rio) e da Empresa de Pesquisa Agropecuária (Pesagro-Rio): "Estamos à disposição dos produtores do estado para alavancar e dar sucesso à agricultura do nosso estado" comunicou.

O presidente da Embrapa, Maurício Antônio Lopes, que não pôde estar presente, também foi homenageado por seu reconhecido trabalho à frente da Embrapa desde 2012 e a larga bagagem na área. Lopes é graduado em Agronomia pela Universidade Federal de Viçosa e fez mestrado em Genética e doutorado em Biologia Molecular de Plantas nos Estados Unidos. Desde 1979 integra o quadro da Embrapa. Já foi pesquisador da empresa, liderando o programa de melhoramento de milho e chefiou, entre outros, os departamentos de pesquisa e desenvolvimento. Atualmente, é membro de conselhos científicos, entre eles, o Painel Global em Agricultura e Sistemas Alimentares, em Londres (Reino Unido); Fundo Global para Conservação da Diversidade de Cultivos, em Bonn (Alemanha), e Centro Global para Alimentação da Universidade da Califórnia (Estados Unidos). É presidente da Embrapa desde 2012.

Aniversariantes do mês de junho
Durante o almoço comemoraram aniversário: José Bernardo Bichucher, Jorge Luiz Alves, Alvaro Maia da Costa, Rubens Mascarenhas da Gama, Elvio Gaspar, Fernando Guilherme, Fernando Tavares, Manoel Gibson, Arnaldo Cardoso Pires, Johanes Stein, Paulo Henrique Gama Penna, Luiz Ricardo Silva, Rosemeri Aparecida B. Duarte Nunes, Abílio Borges, Rockfeller Maciel Peçanha, Luiz Salomão Cury e Cesar Biaggio Fontelles.

Receba nossos informes!

Cadastre seu e-mail para receber nossos informes eletrônicos.

O Clube de Engenharia não envia mensagens não solicitadas.
Skip to content