A transposição do rio São Francisco mostrou-se, em diversos momentos de debate nacional, como um projeto polêmico. Nomeado pelo governo brasileiro como “Projeto de Integração do Rio São Francisco com Bacias Hidrográficas do Nordeste Setentrional”, é coordenado pelo Ministério da Integração Nacional. A obra prevê a construção de mais de 600 km de canais divididos em dois eixos (norte e leste). O desvio das águas do rio se estenderá pelos estados de Pernambuco, Paraíba, Ceará e Rio Grande do Norte. Sobre esse assunto, a Divisão Técnica de Recursos Hídricos e Saneamento (DRHS) do Clube de Engenharia promoveu a palestra “A transposição do São Francisco e a seca nordestina”, ministrada pelo chefe da DRHS, Jorge Paes Rios. O evento aconteceu em 18/06, na sede da entidade.

Assista a palestra completa:

Parte 2

Parte 3

Parte 4

Parte 5

Parte 6

Parte 7

Receba nossos informes!

Cadastre seu e-mail para receber nossos informes eletrônicos.

O Clube de Engenharia não envia mensagens não solicitadas.
Skip to content