Coluna Mídia Comunidade - Elefante branco, não!

Jornal do Brasil | 20/08/2013

A Rocinha, que se destaca por ser a maior favela da América Latina, possui cerca de 200 mil moradores que convivem diariamente com um grave problema, o saneamento. O esgoto invade as casas que são em sua maioria próximas ou sobre valas sem tratamento e canalização. Todo esse esgoto é despejado na praia de São Conrado. Muitas das casas da Rocinha são verdadeiros cubículos, que sequer tem uma janela, o que revela a alta taxa de tuberculose nos moradores, e muitas famílias vivem em situação de extrema miséria.

A nossa grande batalha nos últimos meses é de ser contra a instalação de um Teleférico previsto no PAC2, por nós apelidado como “elefante branco”. A ideia é do governador, que já está mais que comprovado que tem ações catastróficas em relação a transporte, tendo em vista a situação atual do transporte público na cidade. Não é de se surpreender que tamanha ideia venha de alguém percorre a cidade voando pelos altos.

Nossas necessidades mais urgentes são os motivos para sermos contra a construção do teleférico, que é notavelmente de viés turístico. Todo esse investimento de 700 milhões daria para construir o plano inclinado, que estava previsto no plano diretor da Rocinha e para resolver a maior prioridade que é o saneamento básico.

>>> Continue lendo.

Receba nossos informes!

Cadastre seu e-mail para receber nossos informes eletrônicos.

O Clube de Engenharia não envia mensagens não solicitadas.
Skip to content