Carregando Eventos

« Todos Eventos

  • Este evento já passou.

Valorização dos “Povos Originários” é tema do Humanidades

23 agosto às 18:00 - 20:00

O projeto Humanidades na Engenharia vai tratar na edição de agosto, no dia 23, às 18h, da contribuição dos saberes dos povos tradicionais e originários do continente americano. Para trazer esclarecimentos sobre o assunto, foi convidado o historiador Michael Baré Tikuna, que é descendente dos povos da Amazônia Arawak e Tikuna. Ele já participou de congressos nacionais e internacionais apresentando sua história e sua metodologia epistemológica didático-pedagógica denominada "Educação Amorosa de Aproximação”. 

O historiador é um ex-morador em situação de rua, artesão, músico e shiatsuterapeuta e foi o primeiro indígena a ingressar na UERJ pelo sistema de ações afirmativas de cotas (2009). Ativista da causa dos povos originários, é um dos guerreiros do saudoso Centro Cultural Indígena Aldeia Maracanã, que foi seu laboratório para a implementação de sua metodologia e estágio de professor cumpridor da Lei 11.645/08. Sua bandeira é a superação do ódio através da educação. 

O Humanidades na Engenharia tem o propósito de aproximar as Ciências Exatas de outros caminhos do conhecimento e do saber, através da contribuição de palestras inspiradoras e do debate com os participantes. Venha se juntar a esse movimento que buscar dar à Engenharia uma visão mais humanista e holística. 

SOBRE O PALESTRANTE: 

Michael Baré é professor de história, historiador (2015), técnico em arqueologia (PIBIC-UERJ), educador social e consultor, é mestrando na Uerj em História e Cultura (trancado), é pós-graduando no curso de "Ensino de História", no seu caso História Indígena, pelo colégio Pedro II. Participou de congressos nacionais e internacionais apresentando sua história e sua metodologia epistemológica didático pedagógica denominada "Educação Amorosa de Aproximação", advinda das condições históricas de racismo, preconceito e discriminação dadas na instituição e da apropriação dos saberes acadêmicos. Ativista da causa dos povos originários, é um dos guerreiros do saudoso Centro Cultural Indígena Aldeia Maracanã, que foi seu laboratório para a implementação de sua metodologia e estágio de professor cumpridor da Lei 11.645/08. 

Detalhes

Data:
23 agosto
Hora:
18:00 - 20:00
Categorias de Evento:
,
Website:
https://www.youtube.com/user/clubedeengenharia

Organizador

Clube de Engenharia
Website:
portalclubedeengenharia.org.br

Receba nossos informes!

Cadastre seu e-mail para receber nossos informes eletrônicos.

O Clube de Engenharia não envia mensagens não solicitadas.
Skip to content