A saída no final do túnel da atual crise generalizada no Brasil passa, necessariamente, pela área de meio ambiente, saneamento e sustentabilidade ambiental. Adacto Benedicto Ottoni, engenheiro civil, doutor em Saneamento Ambiental e professor da Faculdade de Engenharia da UERJ, explica que a boa engenharia, hoje, é aquela que busca minimizar o enorme impacto dos seres humanos sobre os recursos ambientais. Convidado do 67º episódio da websérie Brasil Amanhã, Ottoni explica que a sustentabilidade deve ser integrada, abarcando meio ambiente, economia e sociedade. Um dos pontos mais urgentes para o país, aponta ele, é o saneamento básico, que diz respeito ao acesso a água potável, esgotamento sanitário, gestão de resíduos sólidos e drenagem urbana. Para o professor, soluções integradas de engenharia entendem que essas questões precisam sempre ser trabalhadas em conjunto: não adianta ampliar o abastecimento de água se não se controla os aportes de poluição dos rios — aporte esse formado, em grande parte, por esgoto. Investir em reuso, produção de biogás e aproveitamento de resíduos pode movimentar a economia, gerar emprego, economia de recursos públicos e, claro, bem-estar e saúde para a população. Além disso, Ottoni também fala sobre cinco metas básicas de sustentabilidade que devem figurar na agenda dos gestores públicos, independentemente de governo: educação ambiental, reflorestamento, gestão sustentável de resíduos, soluções limpas e sustentáveis, e preservação da biodiversidade.

Possui Graduação em Engenharia Civil - ênfase em Engenharia Sanitária, pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1982), Pós-Graduação em Engenharia Civil Marítima pela Universidade de Trondheim, na Noruega (1985), Mestrado em Engenharia Oceânica pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1986) e Doutorado em Saúde Pública (Saneamento Ambiental) pela Escola Nacional de Saúde Pública (1996). Atualmente é Professor Associado do Departamento de Engenharia Sanitária e do Meio Ambiente da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (DESMA / FEN / UERJ) e Conselheiro do Clube de Engenharia.

Para acessar todos os programas da Websérie, clique aqui. 

Receba nossos informes!

Cadastre seu e-mail para receber nossos informes eletrônicos.

O Clube de Engenharia não envia mensagens não solicitadas.
Skip to content