O dia 8 de março é o marco de uma corajosa caminhada de cidadãs do mundo que diariamente dizem não à repressão. Ao formarem fileiras contra a violência e pela igualdade de oportunidades fazem tremular as bandeiras que defendem, com a dor e a alegria de quem, ao ousar lutar, rompe o silêncio.  O grito feminino que ecoa desta ruptura toma as ruas e exige posicionamentos e reflexões. Há muito a caminhar, há muito a aprender. Na área das engenharias, as salas de aulas, antes majoritariamente masculinas, hoje têm crescente presença feminina. São avanços que enriquecem a profissão e fortalecem e valorizam nossas instituições. O Clube de Engenharia une sua voz ao canto das marchas que falam de vitórias e reivindicam direitos. Juntos, temos muito a fazer na caminhada contra todas as formas de preconceito e contra todas as forças que, de alguma maneira, representam a opressão e a tirania.

 

Receba nossos informes!

Cadastre seu e-mail para receber nossos informes eletrônicos.

O Clube de Engenharia não envia mensagens não solicitadas.
Skip to content